Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2010

A COORDENAÇÃO ECONÔMICA PARA VITÓRIA

Imagem
Em outubro de 2008, logo depois que a crise mundial estourou, publiquei um artigo chamado NASH NOS MERCADOS que apresentava as idéias do matemático Jonh Nash de contribuição e não de rivalidade como a saída para o desastre econômico que estava por vir.

Esta semana, Armando Castelar Pinheiro, professor de economia da UFRJ, escreveu um artigo que começa assim ."A crise de 2008-2009 entrará para a história como momento ímpar de coordenação econômica entre países, na busca de medidas para evitar uma nova Grande Depressão."
CONTINUAR LENDO .  Fiquei muito feliz de ver que aquilo que redigi assim que a crise começou, foi o que de fato fez os mercados se recuperarem rapidamente. Claro que as medidas tomadas trarão outros problemas como Armando expõe no seu texto, mas daí é outra conversa para outro artigo.

A FRACA EDUCAÇÃO BRASILEIRA E O DOMÍNIO POLÍTICO

Imagem
Tornou-se clichê dizer que a educação no Brasil é de baixíssima qualidade porque o objetivo dos políticos é manter a população ignorante para poder domina-la. Segundo esta premissa, a aquisição de conhecimento poderia gerar uma grande revolta da população pondo os administradores públicos em xeque. Pronto! Parece que encontramos o vilão para o problema. No entanto, analisando com um pouco mais de profundidade, veremos que este senso comum é falso.

ARTE - CONCEITO

Imagem
Um amigo meu entrou num cinema em São Paulo. Estava atrasado, como os paulistanos costumam estar. Para seu azar, não poderia dar a recorrente desculpa do trânsito para não perder o início do filme. Após pagar as entradas, Pipoca, claro. O lanche preferido por 10 em cada 10 espectadores da 7a Arte. -Eu gostaria de uma Coca-Cola e uma pipoca. -Sua Coca-Cola está aqui. Pipoca não temos. -Não tem? Acabou? -Não. Aqui não vendemos pipoca. -Mas estamos num cinema! -Sim eu sei. Este é um cinema conceito. Não vende pipoca. -Cinema conceito? Entendi. Entendeu também porque todos por lá tinham o cabelo espetado e também porque faziam questão de atender de forma blasé. Saiu do estabelecimento, comprou um saco do pipoqueiro da rua e voltou.

OS DOIS LADOS PARA A REALIZAÇÃO DOS OBEJTIVOS

Imagem
Para chegarmos ao pleno potencial na realização de nossos objetivos, devemos observar como estamos lidando com duas atitudes fundamentais do ser humano:
Extroversão A capacidade que temos de nos projetarmos para fora de nós mesmos e interagirmos com o meio é algo de fundamental importância para a concretização de objetivos. A extroversão, quando bem trabalhada, gera disposição, motivação e ótima capacidade de relacionamento com outras pessoas.
Continua AQUI

Das Vantagens de Ser Bobo - Clarice Lispector

Imagem
O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: "Estou fazendo. Estou pensando."

Ser bobo às vezes oferece um mundo de saída porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia.

O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez. No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoievski.