Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2007

O Sonho Americano, Brasileiro e de Maslow

Imagem
Pelomenosemtese sabemos o que é o American Dream. Ele é reflexo de uma colonização inglesa que chegou parahabitar, produzir e prosperar. O ianque gera riqueza, paracomprarsuacasa e seucarro, a partir do trabalhodiligente, baseado na disciplina do dia-a-dia. O sonho se transforma emrealidade à medidaqueelesvão tendo pequenasvitóriasdiáriasque acabam consolidando seuspatrimônios. O Brasil não teve a mesmasorte na sua colonização. Aqui o foco foi a exploração, os portugueses buscavam riquezas fáceis, comportamentoque foi repetido emtodos os paísesdescobertospelospovosibéricos. Portugal e Espanha viveram seustemposáureos numa épocaemque, do diaparanoite, podia-se descobriratravés da navegação, terrascomfortunasintermináveis. Ao contrário do que vimos no parágrafoacima, de repente, porvontade “divina”, a vida daqueles que se aventuravam ao mar, poderiamudar drasticamente, caso encontrassem preciosidades emlugaresdesconhecidos.No tempo dessas navegações, os corajosos portugueses que se aven…

Um governo-presente do futuro

Imagem
Se pudéssemos definir o papel do Estadoem poucas palavras, acredito que chegaríamos bemperto disto: Proporcionarumambienteonde as pessoas possam se desenvolver, gerando prosperidade e felicidadeparasi e paratodos.Dentro deste ambiente, é precisoqueseushabitantes tenham saúde, segurança e educação públicas e de altaqualidade. O fortalecimento da sociedadecivil é a baseparaque o plano tenha êxito, casocontrário, beneficiará apenaschefes de governos, militares e empresáriosexploradores. Todoprojeto de prosperidade irá poráguaabaixo se não houver umrealrespeito aos DireitosHumanos e às minorias. No mercado, o governo deve intervir o mínimopossível e apenasfiscalizarabusos. O Estadonão pode jamaiscriarinstituições públicas que compitam ou, piorainda, que tirem da iniciativaprivada a possibilidade de gerarriquezas.O Governo do futuro é aqueleque acordou para o fato de quehoje, há no mundoumativo a mais do queterra, mão-de-obra e capital. Estamos na Era da Informação e esta se tornou o maior…

Vamos agir contra os abusos do Governo

Imagem
A FIESP está agindo contra mais esse absurdo. Uma declarada quebra de contrato por parte do governo, que não está se importando com a opinião da população. Vamos agir!
Segue abaixo a carta do Presidente da FIESP , Paulo Skaf.

Caro companheiro, A CPMF, quando surgiu em 1996, era apenas uma contribuição provisória criada para salvar a saúde pública, uma vez que o Sistema Único de Saúde estava em xeque, vivendo grandes tragédias. Passados 11 anos de sua criação, corremos o risco de que se torne definitiva, contrariando o desejo da população brasileira, que é ser desonerada, liberada deste ônus. Assim, manifestamo-nos contra a suposta necessidade de prorrogação, pelo Governo, da vigência da CPMF. Para que nosso apelo seja ouvido e atendido, solicitamos o seu apoio, que poderá ser expresso mediante adesão ao abaixo-assinado encontrado na seqüência do texto explicativo, e que será encaminhado aos poderes públicos competentes. Paulo Skaf
Presidente
Assine este manifesto
http://www.contra…

Respostas à dúvidas de muitos

Imagem
No começo do ano de 2007, eume propus a fazerumcurso de redação na USP. Ouvinte, primeiravezdentro de uma universidade e com boa experiência no magistério. Soa atécontraditório. No entanto os maioresmestressãoaquelesque sabem ouvir e conseguem entenderprofundamente o queseudiscípuloprecisasaber naquele exatomomento. Elesnão precisam de diplomasoupostosimportantes. Sabem acima de tudoescutar, entender e depoisaconselhar.O cursoeraaltamenteespeculativo, lento, e pouquíssimo pragmático. Passei seis meses lá e apesar de serumcurso de redaçãonão escrevemos nada. Não agüentei ficaraté o finaldevido a essa postura, que acredito que venha do socialismo, de muitodebater, de tudo “saber” e de poucofazer. Sou maisadepto do pragmatismoamericano, que põe a mão na massa e que faz acontecer.Havia me comprometido com o meugrupo a completarumtrabalhosobre a captação de trabalhopelainternet. Fiquei responsávelemfazerumtextosobre a história do trabalho, que foi publicado no blog. Se você aindanão leu, v…