A minha verdade

Gay Talese sempre foi um defensor da verdade. Junto com Thruman Capote criou a Literatura Jornalística. Quando era convidado para cobrir uma luta de boxe, não detalhava a qualidade dos jebs ou alguma injustiça na pontuação. 


Apresentava a dor da mãe de um dos pugilistas, vendo seu filho cuspir sangue depois de se espatifar no chão. 
O dia que foi entrevistar Frank Sinatra, descobriu uma verdade universal sobre a natureza humana - não somos as pessoas mais confiáveis para falar de nós mesmos. Talese dispensou Sinatra e entrevistou seus motoristas, cozinheiros, mordomos e outros funcionários. Certamente chegou mais próximo que ninguém da verdadeira personalidade do astro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A História do trabalho

O Peso Real de Paulo Guedes

A psicologia do MEDO