Mais uma Revolução Francesa?

A grande importância que teve esse movimento dentro da história mundial é que nunca antes a população do seu país havia tomado o poder do seu rei. A Revolução Americana que aconteceu um pouco antes da Francesa, foi diferente por desejar expulsar da terra os invasores que estavam atrapalhando o povo local - apesar da maioria dos revolucionários americanos serem imigrantes europeus, seus filhos e muitos que lutaram pela sua liberdade, eram estadunidenses e até mesmo aqueles que vieram da Europa sentiam os Estados Unidos como sua casa. Por isso, a Revolução Americana foi mais uma expulsão do que uma revolução, e diferente da França, sua monarquia só perdeu uma parte do poder ao ter que se retirar.

A troca de quem exercia o poder naquela época, acontecia quando exércitos de fora invadiam e impunham suas vontades ao povoado local. Antes da Revolução Francesa, dentro dos castelos, havia uma tranqüilidade esnobe, com a qual os reis faziam o que bem entendiam, pensando apenas em seu próprio bem-estar. Não havia nenhuma preocupação com gastos, pobreza da população, eficiência dos serviços públicos ou perda de poder. Quando os monarcas visavam à ampliação das riquezas do Império era apenas para ampliar suas próprias regalias e as daqueles que os cercavam. O governo Francês possuía um exército bem armado e por isso, tinha certeza que não havia com o que se preocupar.

A Liberdade Guiando o Povo, quadro de Eugéne Delacroix que representa a Revolução Francesa .

Para sorte da democracia e do desenvolvimento mundial, o inimigo de uma nobreza cega às necessidades da população estava dentro... O resto é história, o povo invadiu o Palácio de Versalhes, tomou o poder, e esta Revolução motivou dezenas de movimentos parecidos por toda a Europa e Américas. Mesmo os reis que permaneceram com suas coroas, começaram a respeitar a força do povo. A partir desta Revolução, passaram a ter mais respeito às vontades do todo, e a usar com limites suas mordomias, eles perceberam que qualquer deslize poderia colocá-los numa situação nada agradável.

O que vejo no Brasil do governo Lula é um panorama muito parecido com o que tinha a França antes da queda da Bastilha em 1789. Nãopreocupação com gastos públicos, que aumentaram sempre três vezes mais que o crescimento do PIB anual, apesar destes gastos faraônicos, esse foi o governo que menos investiu em infra-estrutura e por isso, os serviços públicos nunca estiveram tão ruins. No entanto, o pior de tudo é que hoje, o governo, não tem nenhum medo da população. Suas decisões não são baseadas na vontade do povo, mas somente em benefícios próprios. Vemos isso sendo feito de forma escancarada nas barganhas do Poder Executivo, que nomeia funcionários públicos em troca de votos de seu interesse no Senado e na Câmara.

É chegada à hora da sociedade civil exercer seu poder, atuando, cobrando, se fazendo ouvir. Comecemos a agir e mostrar que se nossas vontades não forem respeitadas os membros do congresso poderão ter um destino parecido com a de Luis XVI e de sua auxiliar de desrespeito ao povo Maria Antonieta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A História do trabalho

O Peso Real de Paulo Guedes

A psicologia do MEDO